Esplendor Brasil

Rosea Nigra

Alimentos Orgânicos no Brasil

O livro "Alimentos Orgânicos no Brasil – História, Cultura e Gastronomia", Pronac 10 2600, de autoria do jornalista Eduardo Sganzerla, é incentivado pela Lei Rouanet. Os organicos são a alimentação do futuro do planeta. O livro, com 3 mil exemplares, está autorizado pelo MinC a captar R$ 243.892,00.

 

O livro "Alimentos Orgânicos no Brasil" pretende mostrar a evolução desta tendência mundial moderna, que representa um novo estilo de vida. Um livro que vai apresentar os conceitos básicos, história, legislação, evolução do mercado, receitas e perspectivas de futuro, no país, dando ao mesmo tempo uma panorâmica mundial de como se desenvolveu e devem seguir as suas tendências para o futuro.

 

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) realizou, em abril de 2009, a primeira grande pesquisa sobre os dados da produção orgânica brasileira.

 

Segundo a pesquisa, o Brasil soma atualmente 7.063 produtores certificados ou em processo de conversão, mas existem cerca de 13 mil que produzem organicamente e não têm certificação. Portanto, estima-se que existem no Brasil 20 mil produtores de orgânicos, distribuídos numa área de 269.718 hectares, sendo 117 de pastagens e 153 no cultivo de lavouras.

 

Os alimentos mais produzidos em número de produtores são: soja, hortaliças, café e frutas. os produtos que tem a maior área de produção são: frutas, cana, palmito, café e soja. O movimento financeiro é um dos dados mais representativo: em 1998, o setor de orgânicos faturou cerca de US$ 90 milhões; hoje, estima-se que esse faturamento chegue a mais de R$ 500 milhões.

 

O estudo foi baseado em dados cedidos por certificadoras de todo Brasil e das Secretarias de Agricultura de 12 Estados, demonstrando que investir no setor orgânico tem dado excelente retorno.

  

                        Regulamentação no Brasil

 

Desde 29 de dezembro de 2007, a agricultura orgânica no Brasil passou a ter critérios para o funcionamento de todo o seu sistema de produção, desde a propriedade rural ao ponto de venda. Estas regras estão expressas no Decreto nº 6323 publicado naquela data, no Diário Oficial da União.

 

A legislação, que regulamenta a Lei nº 10.831/2003, inclui a produção, armazenamento, rotulagem, transporte, certificação, comercialização e fiscalização dos produtos.

 

A regulamentação da agricultura orgânica está dando grande impulso ao setor, uma vez que temos agora regras claras quanto aos processos e produtos aprovados e pela criação do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica que propicia aos consumidores mais garantias e facilidade na identificação desses produtos.

 

O livro "Alimentos Orgânicos no Brasil" vai mostrar isso e muito mais. História e receitas de pratos especiais de doces e salgados.

 

 

 

 




voltar

Confira algumas imagens do video.