Esplendor Brasil

Rosea Nigra

Culinária Catarinense

Terra de muitas etnias, Santa Catarina tem na gastronomia uma de suas faces mais ricas. O projeto Culinária Catarinense pretende resgatar a história, tradições e receitas inéditas desta terra de tanta diversidade cultural de um estado de muitas etnias. Venha fazer esta parceria com a gente. É um estado muito rico.

 

O projeto Culinária Catarinense, constituído por um livro e um DVD, pretende resgatar, através da história e da atualidade, os costumes alimentares, aromas, sabores, ingredientes e pratos típicos de Santa Catarina.

O DVD, comandado por um chef de reconhecida experiência no mercado e especialista na culinária catarinense, vai apresentar, passo a passo, as principais receitas que constarão do livro. O DVD acompanhará o livro.

Culinária Catarinense quer representar o orgulho do catarinense, tanto no resgate de seu modo de alimentar e de viver como na sua criatividade, conhecimento e exemplo histórico. 

O projeto Culinária Catarinense pretende divulgar o que o Estado tem de melhor: a tradição de seu povo, as riquezas culturais, os cenários da cidade e do campo e as potencialidades turísticas.

Temos certeza de que Culinária Catarinense vai aumentar a auto-estima do catarinense, ao incluir seus costumes e pratos tão apreciados no circuito nacional das gastronomias consagradas, como a mineira, paraense, baiana e outras, hoje em dia bastante conhecidas. 

 

Produtos: Livro e DVD 

Tiragem e características técnicas do livro: edição de 2.000 exemplares; miolo: 28 x 28 cm (fechado); couché fosco 150g/m2, 200 páginas; 4/4 cores; costurado; capa dura: 56 x 20 cm (aberto); cola, dobra, laminação fosca; folha de guarda; alta alvura alcalino 180 g /2x0 cores.

DVD: 2.000 cópias, que acompanharão o livro.


Como é o projeto

A culinária catarinense tem muitas peculiaridades em cada região do Estado, revelando uma consistente cultura alimentar. Essas tradições, no entanto, estão sendo abandonadas e esquecidas com o passar do tempo, pela mudança de gerações ou pelas transformações dos hábitos de vida do Estado e do país. É preciso lutar contra isso, porque a cultura é a alma de nosso povo e a gastronomia revela muito sobre nossas vidas. 

Com o registro impresso, fotográfico e em filme dessas tradições, dos métodos de cozinha, da diversidade de ingredientes e de preparo dos alimentos não é só a nossa história recente que estamos conservando e guardando para as gerações futuras. Preservar a memória dos sabores, aromas e formas de preparos dos alimentos é conservar e valorizar a nossa história e a nossa cultura - o que nos é mais próprio e que nos identifica como brasileiros. 

Em Santa Catarina, os açorianos e portugueses, de maneira geral, tiveram um papel fundamental no desenvolvimento do litoral, a primeira região a ser povoada no Estado. Naturalmente, esta influência foi decisiva em nossos costumes e cultura. Na culinária, esses traços foram marcantes. Este livro pretende contar esta história relacionada aos hábitos alimentares e a herança culinária de nossos primeiros colonizadores. A influência açoriana é marcante, e se constitui em um exemplo significativo do que pretendemos registrar. 

Mas não foram apenas os açorianos e portugueses que tiveram uma presença marcante no Estado. No século 19, quando a Grande Imigração chegou ao auge em Santa Catarina várias foram as etnias que desembarcaram nos portos brasileiros, procurando seus novos caminhos, como os alemães, italianos, poloneses, espanhóis, franceses, ucranianos, entre muitos outros povos. Para Santa Catarina, essa influência foi também decisiva. Essa gente trouxe em suas bagagens receitas, sementes e temperos e muitos outros hábitos, que marcam nossa cultura e tradições.

De modo geral, resgatar essas histórias e costumes é resgatar a preciosa vida de muitas gerações. Conhecendo o nosso passado, poderemos ter uma idéia mais clara de quem somos no presente e de como podemos conduzir nossos caminhos futuros. 

O livro Culinária Catarinense vai revelar, através dos costumes alimentares, parte importante da formação do nosso povo e das etapas e matizes de nosso próprio desenvolvimento social e econômico. "Em outro lugar se come diferente", constataram Lucullus, o maior gourmand da antiguidade, e Marco Pólo, o viajante do mundo medieval.

Podemos, em síntese, dizer que a arte culinária é diretamente ligada ao caráter nacional e ao desenvolvimento civil dos povos. Ligada, portanto, aos nossos interesses particulares, que devem ser resgatados, transmitidos e também desfrutados. Registrar a culinária catarinense é, assim, inscrever a nossa memória e alma no tempo presente e futuro.


 

A Editora Esplendor reúne profissionais da área das letras e cultura, com o objetivo de dar maior sustentáculo financeiro e institucional para projetos de livros, cinema e outro audiovisuais.


Um projeto como Culinária Catarinense representará com certeza o melhor da cultura da culinária de nosso estado, com o intuito de divulgá-lo no Brasil e exterior. É a primeira vez que se apresenta um projeto dessa abrangência, em Santa Catarina. Por isso, acreditamos que o livro terá grande repercussão não só estado, porque abordará, em todos os seus aspectos, uma culinária de tradição popular muito apreciada por todos.


voltar

Confira algumas imagens do video.

Culinária Catarinense 2
Culinária Catarinense 3
Culinária Catarinense 4
Culinária Catarinense 5
Culinária Catarinense 6
Culinária Catarinense 7
Culinária Catarinense 8
Culinária Catarinense 9